Oficial de Justiça TJRS - Artigos e Cursos

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Diligências Inúteis - Perda de Tempo



Vivemos um tempo em que já existem mais celulares do que habitantes, a internet está disseminada entre a população, da qual boa parte tem e-mail e participa de redes sociais, bem como o serviço postal é eficiente e a virtualização é tida como o caminho para a racionalização do serviço judiciário.

No entanto, ainda hoje, Oficiais de Justiça estão nas ruas cumprindo mandados de intimação de audiências para autores e suas testemunhas, além de outras tantas intimações diversas, que seriam facilmente resolvidas por telefone, e-mail, correio, etc.


Por exemplo: ontem eu percorri aproximadamente 100 km até o interior (não atendido pelo correio) de um dos Municípios Jurisdicionados para intimar uma autora de ação previdenciária, representada por advogado particular. Chegando no local ela informa que seu procurador já tinha avisado a data da perícia e tudo mais. Então eu perdi uma manha inteira, que poderia ter sido utilizada para cumprir outros tantos mandados em que a participação do Oficial de Justiça é imprescindível (citações crime, execuções, cautelares, réus em geral, etc, etc.), para formalizar um ato que nenhuma diferença fará ao andamento do processo. Da mesma forma o cartório perdeu tempo expedindo o mandado, quando poderiam estar cumprindo outras tantas atividades..

Com a redação do Novo CPC, parece que situações como essas serão reduzidas.

Aqui na Comarca estamos pedindo ajuda para a OAB no sentido de que os Advogados manifestem nos autos que providenciarão a presença de seus clientes independente de intimação, evitando a expedição de mandados. Enquanto os cartórios Judiciais tem expedido muitos atos pela via postal, em locais que são atendidos pelo Correio. Mas na grande área de interior o carteiro tem sido o Oficial de Justiça.
← ANTERIOR PROXIMA → INICIO